Capítulo VIII (penúltimo) – Antes do fim

bob

Este é o penúltimo capítulo da estória Fé. Desde a primeira parte, tentei colocar vídeos com as músicas do álbum Faith. Ficou faltando apenas uma que não encontrei: Doubt. Pelo menos vai a letra dela:

DÚVIDA

Paro meu voô para brigar
E morrer
E fazer uma parada para mudar
Minha vida
Então atacar brutalmente com
Desespero vermelho
Eu aperto minhas mãos
Você esconde suas garras
Uma fúria oculta e consome
Meu coração
Como quem consome combustão
Por anos
De tempo desperdiçado
Eu fecho meus olhos
E fico tenso
E gritando
Lançando a mim mesmo para o extremo
E em seu sangue

Lágrima em carne
E rasgar a pele
E despedaçar a dúvida
Eu tenho que destruír você
A fúria dirige meus golpes viciosos
Eu vejo você cair mas ainda golpeio você
De novo e de novo
Seu corpo cai
O movimento é sustenido,
Puro e claro
E foi
Eu paro e ajoelho ao seu lado
Drenou tudo exceto a dor

Gritando, lançando a mim mesmo à fúria
Ao extremo dentro do seu sangue

Beijar você e ver você torcer
Abraçar você forte e escutar você chorar
Beijar seu olhos e dar fim a sua vida
Fim de sua vida

De novo e de novo
Seu corpo cai
O movimento é sustenido,
Claro e puro
E foi
Eu parei e me ajoelhei ao seu lado
Sabendo que eu vou te matar novamente esta noite

Antes do fim
A dor maior estava por vir. A inocência não vê lucro, não vê troca, ela só vê alegria, bondade e compreensão. Ludibriada pela felicidade de ver o palhaço, um garotinho, de 11 anos, chamado Robert, pobre morador da redondeza onde se encontrava o pequeno circo, se empolgou com o espetáculo, que para ele era maravilhoso, e se ofereceu para trabalhar, trocou a alegria insuficiente por um ingresso, por mínimas libras.
O Público não era grande, ou melhor, insuficiente naquela noite. Infelizmente, Robert vendeu pouco, bem que tentou, também aquelas pessoas não tinham dinheiro, eram pobres espectadores, e, no final, depois que o interior se esvaziara e a luzes foram apagadas, o garoto foi acertar com Rider Gallup atrás de uma passagem de pano (chitão) estampado com rosas. Ele, ébrio, não soube dosar suas palavras, assim como não sabia dosar a bebida no copo:
_ “O quê?! Você não vendeu nada, garoto! Qual o seu nome?
_ É Robert, senhor, Robert Smith.
_ Vem aqui, assiste ao ‘espetáculo’ e não dá lucro nenhum, não é, Smith?!
_ Não foi a minha intenção, senhor. Havia poucas pessoas e as que assistiam às apresentações não quiseram comprar.
_ Não precisa aparecer mais!
O garoto se assustou. Nunca tinha ouvido algo assim. Via naquele homem o sorriso e agora sentia uma tristeza profunda, escura que ecoava dentro do peito.
O menino olhou para o palhaço (ainda fantasiado, mas borrado de suor).
Aquela situação não fazia sentido. O pequeno achava que artistas não eram pessoas comuns às quais ele estava acostumado. Parecia que havia esperança, inconscientemente pensava assim. Foi o pior e o mais marcante show que o menino já assistira. Não se esqueceria mais daquela noite vazia, do silêncio póstumo, do rosto deformado de Rider, das cores que se acinzentaram.
Os olhos vermelhos e molhados não tardaram. Em silêncio, com a cabeça abaixada, e o brio abalado, retirou-se de trás da cortina estampada, passou pelo picadeiro, olhou para cima, para tenda escura e procurou a saída, vista pelas luzes vindas dos postes. A vontade do garoto foi de pedir aos pais dinheiro e comprar toda a cesta de doces, mas os pais…
robert

Tags: , , , ,

5 Respostas to “Capítulo VIII (penúltimo) – Antes do fim”

  1. cutter Says:

    Mas isso tem explicação. Doubt é uma das poucas músicas do cure, se não for a única, a nunca ter sido tocada ao vivo.

  2. Totti Says:

    Massa as origens da maquiagem do clown triste do Cure.

  3. warlenanarkaos Says:

    Dessa eu não sabia Cutter. Valeu a informação, também ela é a única agitada do disco…

  4. Totti Says:

    Por que a figura da imagem lá em cima é um galo? Torcedor do Atlético?

  5. warlen Says:

    è um galo-clown…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: